top of page

Direito do Incrível

Marco Túlio Elias Alves



No contexto social, o papel do advogado é de extrema importância, e é lamentável que as restrições de publicidade impostas pela OAB nos impeçam de compartilhar ativamente as avaliações e depoimentos que recebemos de nossos clientes. Afinal, não é raro receber áudios ou mensagens de clientes emocionados, demonstrando gratidão e afeto, por terem suas vidas transformadas através do Direito.


Testemunho pais chorosos que recuperaram o contato com seus filhos, aquela adorável senhorinha que finalmente conquistou sua aposentadoria após três décadas trabalhando incansavelmente sob o sol escaldante do campo, e esposas que encontraram a dignidade de usufruir de seus próprios bens. São muitas conquistas para comemorar!


Porém, diante de autoridades abusivas e da ineficiência do Poder Judiciário, em algumas ocasiões, a ideia de desistir da advocacia surge como uma tentação quase irresistível. É verdade que nem sempre é assim, mas percebo um crescente desamparo que assola a busca pela justiça, especialmente para os mais desfavorecidos, que, por não possuírem conta bancária, cartão de crédito ou declaração de imposto de renda, têm dificuldades para provar sua condição de miserabilidade e obter a isenção de custas – tendo negado seu direito de constitucional de petição.


Entretanto, quando leio os depoimentos que recebo nas avaliações do Google, as mensagens impregnadas de emoção e ouço repetidamente os áudios que transbordam lágrimas à distância, do outro lado da linha, chego a uma conclusão inequívoca: desistir não é uma opção.


Ainda que as dificuldades persistam, mesmo para um advogado que sabe cobrar a aplicação da lei, abandonar as pessoas à própria sorte seria um ato de crueldade imperdoável. Assim, continuo lutando, dia após dia, na incessante busca por uma justiça mais justa e eficiente.


Neste mês de agosto, em que comemoramos o Dia do Advogado, sou grato a todos os clientes que me proporcionaram a oportunidade de lutar em prol deles. Juntos, alcançamos feitos incríveis, mesmo quando as chances se apresentavam mínimas.


Como advogado, defendo com fervor o Direito do Incrível — o direito de lutar por mudanças surpreendentes, de transformar vidas e de ser um agente de esperança em meio às incertezas. Que possamos seguir firmes nessa jornada, conscientes de que, por mais desafiador que seja o caminho, a busca por uma justiça verdadeira é uma causa que merece ser defendida por mim e por todos os advogados.


Feliz dia para nós!


Sobre o mês do advogado, veja também:


5 visualizações

Comments


Escritório moderno

Para qualquer solicitação, preencha os campos no formulário abaixo:

Obrigado! Mensagem enviada.

selo4-d4s.png
bottom of page