Buscar

Vida de advogado - O sucesso é construído nos bastidores

Via Marco Alves

A vida de advogado sempre mexeu com o imaginário popular e é retratada em filmes, novelas, séries de televisão ... Em algum momento todos se imaginaram em tribunal defendendo algo em que acreditavam ou pelo menos se excitaram com estratégias e argumentos que assistiram na telinha.

O que as pessoas não sabem é que o sucesso do trabalho de um advogado não depende apenas de fortes argumentos na frente do juiz e que a base do seu caso não é tão interessante ou glamorosa quanto você imagina.

Ainda ontem, postei um pequeno vídeo no Reel onde falo sobre as etapas preparatórias da defesa em processo cível. Muitas coisas são feitas antes que uma estratégia se torne um ato processual e eu acho que você tem o direito de saber como é a rotina do advogado e o que está acontecendo nos bastidores. E como em um jogo de xadrez, você tem que prever os movimentos do adversário e antecipar seus movimentos e o pior: lutar para que servidores públicos que teriam o dever de obedecer a lei façam o trabalho para o qual são pagos a fazer. Partindo dessa premissa, estou escrevendo este primeiro texto sobre a rotina do advogado e os bastidores que ninguém mostra. A vida real é menos Suits e mais Better Call Saul. Não quero dizer que os advogados sejam desonestos porque na maioria das vezes eles são muito confiáveis, mas estou falando sobre os problemas e complicações que ocorrem e acabam sendo resolvidos de forma invisível. Por exemplo, trabalhei em um caso em que um cliente foi preso e o delegado não me deixou falar com ele. Ainda que a Lei 8.906 / 94expressamente declare em seu art. 7º, III que o advogado tem o DIREITO de falar em privado com o seu cliente quando este estiverpreso, detido ou recolhido em qualquer tipo de estabelecimento, o xerife recusou-se a permitir o contato. Para o cliente só importa a liberdade e não as dificuldades para chegar a esse resultado. Para o advogado, o caminho é mais longo do que parece, pois não consegue nem falar com o cliente para saber a sua versão dos fatos. Neste momento, o advogado dispõe de vários meios para tentar a solução: pode tentar o auxílio da OAB, chamar as entidades correcionais, tentar falar com um superior do delegado ou até mesmo buscar justiça para garantir seu direito. Tudo isso custa tempo, recursos e dinheiro. E o cliente acaba na prisão mais do que deveria. E ele não se importa se violações em todos os lugares - quer o resultado.

Liguei para o Delegado Geral de Polícia Civil que mandou seu subordinado cumprir a Lei. Xeque Mate!

Mas nem sempre se resolve com uma chamada.

E nesta série de postagens sobre a vida do advogado nos bastidores, vou compartilhar a dor que os advogados enfrentam em nome de seus clientes, em nome da sociedade e do Estado de Direito. Siga acompanhando!

E você? O que faz nos bastidores para alcançar a excelência e seu cliente nem fica sabendo?

8 visualizações
Escritório moderno

Para qualquer solicitação, preencha os campos no formulário abaixo:

Obrigado! Mensagem enviada.

selo4-d4s.png
whatsapp.png
QR GYN.png